20 de dezembro de 2015

O Fabuloso Destino De Amélie Poulain

Estou eu aqui, pensando de várias maneiras em como falar desta enigmática pessoa chamada Amélie Poulain e do filme onde ela é protagonista e adivinhem? até agora não sei por onde começar e muito menos o qui falar.
Hoje (dia 18) pela primeira vez na vida assistir O Fabuloso Destino de Amélie Poulain, sempre ouvia todo mundo falando dele mas nunca tive cabeça para assisti-lo antes, por causa da duração (sim, eu sou idiota!). Agora com o final do ano botei na cabeça que iria assisti-lo (ele e mais alguns filmes, vamos ver si eu vejo todos). Não tinha tantas expectativas com o filme, mas realmente fiquei muito surpresa e feliz por ter esses olhos capazes de fazer o meu coração sentir tudo o que vi. Um filme francês lindo, que não perde nada pros filmes americanos e, que eu até tenho ousadia de dizer que dá de 10 a 0 em muitos filmes americanos por aí.
Até agora acho que baixei umas mil fotos e gifs do filme, coloquei música do filme pra tocar, pra ver si vem umas palavras sensatas na minha cabeça e que eu possa colocar aqui. Mas até agora não veio nenhuma frase que dê um impulso pra começar isso aqui direito e, que sustente todo o resto do post. Então eu vou assim mesmo, porque quero muito falar o qui eu sentir ao ver Amélie Poulain pela primeira vez.

1. Não tem como não si apaixonar, por uma garota que enche todos os dedos das mãos de amoras e as come como se fossem as coisas mais gostosas e valiosas do mundo:
                                                       
2. Uma menina que tira fotos de ursos, coelhos e de mais um de animais das nuvens, realmente tá querendo que a amemos:
                                                      
3. Amélie ajuda as pessoas. Nenhum problema pra ela, é impossível de resolver.  Ajuda as pessoas dos jeitos mais inimagináveis possíveis. E que eu e talvez vocês, nunca imaginaríamos ajudar:
                              
4. essa cara:
5. esse sorriso:
6. Ela também é gente como a gente. Também chora por amor:
ai, meu coração
7. Mas também sorrir por ele:
 
voltou ao normal.

O Fabuloso Destino de Amélie Poulain, uma coisa é certa: não existe palavra para defini-lo. Escrevendo isso, tenho a plena certeza que não tenho condições para falar deste filme e, de Amélie. Apenas sentir tudo o que ele tem pra mostrar. Em cada detalhe, em cada cena, em cada modo de ver, pensar, fazer e viver de Amélie Poulain tudo tão simples mas muito impactante.

Os medos que Amélie tem de encarar o mundo, por causa da superproteção dos pais quando ela era pequena, tudo isso me fez querer entrar dentro da tela do computador e dar uma abraço em Amélie. Não que eu consiga encarar a vida - acho que ninguém com 18 anos, quase saindo da adolescência consegue ter um juízo perfeito pra isso - por isso eu/nós conseguimos compreender Amélie.
Essa vontade que ela tem de ajudar resolver os problemas do outros no começo parece meio irônico, mas é por causa disso que ela não vai só mudar a vida dos outros, mas a vida dela também. Com a ajuda de um velhinho com os ossos de vidro e de menina pintada num quadro com uma face difícil de se descrever, ela vai começar a encarar os seus próprios medos e, ter coragem de lutar pelo amor que ela tanto quer.
São tempos difíceis para os sonhadores...




eis que ele vem quando menos imaginamos:             
Uma mulher sem amor, murcha como uma flor sem sol.

Um filme tão lindo e sensível. A fotográfica, a trilha sonora, o diretor, os personagens muito bem interpretados e todos que ajudaram a fazer este filme fizeram muito, mas muito bem feito. O Fabuloso Destino de Amélie Poulain, é FA-BU-LO-SO! é belo. Um dos melhores filmes já assistir na minha vida e, que pra sempre vou lembrar com muito carinho; especialmente de Amélie Poulain, que infelizmente não existe no mundo em que vivemos, mas que com certeza existe no coração de todos que pararam por 2hs e alguns minutos,  para assistir a fabulosa história de uma menina chamada Amélie Poulain. 
Trailler:

Trilha Sonora do Filme:
                           
Pra uma pessoa que não conseguia falar quase nada, até que falei/escrevi muita coisa, não?
E vocês já assistira O Fabuloso Destino de Amélie Poulain, si não assistam! Tenho certeza de que vão gostar. E si não gostarem você tem algum problema.

~~~♥~~~

Até a próxima 

"Sem você as emoções do amanhã, serão apenas pele morta das emoções do passado" (Hipolito).