25 de abril de 2015

Carta para mim no futuro



Olá Marina!

Como vai? Espero que fundo do meu coração você esteja bem. Muito bem. Confesso que já tentei escrever essa carta milhares de vezes, e quero escreve-la. Mas, não é tão fácil assim. Toda vez que começo escrever às palavras si vão da minha cabeça como um redemoinho e não voltam tão cedo. Mas, mesmo assim estou aqui de novo (você nunca desiste) tentando escreve-lá, e vou escreve-lá. Vou tentar ser o mais breve e sincera possível (você vive dando voltas, e acaba alongando o assunto, a milhões e milhões de palavras desnecessárias, ( espero que você tenha acabado com isso.)), e tentar colocar aqui, tudo o que esta se passando nessa sua cabeça meio de neurótica de 17 anos.

Hoje é dia 25.04.2015, você está com 17 anos e acabou de si formar na escola, ainda não faz ideia de qual profissão seguir (espero que você já tenha decido, e esteja muito feliz com está profissão. Si não? MUDE). Você está escutando Phil Collins - You' ll Be In My Heart (musica do tarzam) e Jennifer love hewitt - If Only, pra escrever este texto (são boas músicas, bote elas pra tocar). Seu atual momento é: Desempregada, como os outros dizem por aí, mas prefiro dizer que você está: Aproveitando os seus 17 anos, comendo e dormindo muito. Precisando de $$$ sempre. E também está disponível para o mercado de trabalho (acho que você já deve ter um emprego, não? Se não, vá Procurar um.) Dez de quando você se formou, você/eu não faz outra coisa à não ser ficar em casa. Realmente o seu nível de procrastinação estar no nível master/hiper/multi elevado. E quanto mais você fica em casa, mais você pensa, mais fica sem fazer nada, fica mais neurótica e mais deixa de viver a vida lá fora (esse era o ponto que eu queria chegar.). 

Agora esqueça tudo o qui eu disse acima (não sei porque escrevi isso acima, só sei que escrevi. você é confusa.) Sei das suas limitações, dos seu medos, da sua falta de auto-estima, da sua insegurança, e dessa sua neurose. Mas, é preciso que você faça  uma coisa: VIVER. Viva. Não se cobre tanto. Deixe às coisas fluir. Tudo tem o seu tempo. E o qui tiver que ser será. E o qui tiver que acontecer, acontecerá. 

Não se programe tanto (até porque, a maioria dos seus planos não dão certo mesmo. Afinal você não tem sorte!). Deixe a vida te levar. Não estou falando da boca pra fora (outra coisa, você só sabe falar, mas fazer qui é bom nada!) Não tem aquele ditado: Pense menos, Faça MAIS? então faça mais, e pense menos (si não, logo, logo você estará no manicomio. E sinceramente espero que você esteja viajando o mundo).

Agora falando um pouquinho mais sério, espero que do fundo do meu coração (adoro falar isso) você esteja feliz. Porque com 27 anos, você estará na flor da idade. Aos 27 anos nem imagino como você estará fisicamente e mentalmente, mas espero que você esteja vivendo e fazendo as coisas que você ama. Você não precisa de muitas coisas materiais, só o necessário para viver bem. Em vez disso, vá em busca de coisas que lhe tragam paz. Que lhe fazem bem, alegram sua alma, e aguçam a sua curiosidade. Informe-se. Estude. Seja. Crie. Dance. Cante. Beije. Faça Amor. Viva. Sorria, Ame mas, principalmente SI AME. Você não precisa ser magra, alta (isso você não é. mas tudo bem), do cabelo liso (isso você também não é. Não se esqueça que você ama os seus cachos) loira (prefiro azul. mas loira também é legal, quem sabe um dia) dos olhas claros (não precisa disso), você não precisa ser igual a essas meninas de capa de revista, outdoors ou da  tv pra ser linda (lembre-se ser diferente faz bem). Seja você Marina. Sei que você é única, não existe outros igual a você. Todos somos únicos. Então deixe de ser neurótica, e pense mais em você e esquece os outros. Si ame.

Mais umas coisinhas.

Espero que você ainda seja amiga dos seus amigos: Johnny, Wanessa e Gabriel, si não, deixe de frescura e vá falar com eles. Espero que você seja menos orgulhosa (porque você sabe, que isso não ti faz bem). Espero que você esteja trabalhando no qui você quer, e esteja feliz com isso. Espero que você já tenha visitado pelo menos alguns países que você queria conhecer. Espero que você esteja fazendo exercícios físicos (lembre-se você não precisa ser magra para ser linda, só precisa estar bem consigo mesma), não precisa ir pra acadêmia (eu odeio acadêmia), faça exercícios no parque, apenas se movimente-se e saia da frente desse computador. Espero que você tenha aprendido a cozinhar (a fazer o mínimo tipo: Arroz e feijão, já um grande avanço), você não manda muito muito bem na cozinha (desastre), mas é praticando que si consegue. Espero que você seja um pouco menos dramática e sentimental (pode ser um pouquinho). Espero que você já tenha ido no Rock in Rio. Espero que você não tenha mas tanto medo assim. E espero que você feito alguma maluquice na vida, e si orgulhe dela. Não sei si você fez faculdade, e si mudou pra outro estado. Não sei si você escolheu Jornalismo, Ecologia, Pedagogia ou outra profissão, mas espero que seja algo muito bom, e que esteja feliz com isso. Não sei si você aos 27 anos ainda estará com o seu blog (Quem Sou Eu?), mas lembre-se dele com muito carinho. Espero que você tenha feito tudo o qui queria fazer, e vai fazer. Porque a sua vida (assim espero. Sai pra lá maldição dos 27 anos), não acaba aos 27 anos. Você tem muito o qui viver, experimentar e realizar. Então vá.

Agora pra encerar.

Acima de tudo isso dito, espero que seja/esteja feliz. Esteja vivendo. Esteja realizando os seus sonhos, e assim se tornando a cada dia uma pessoa melhor. Acredito muito em você Marina. Você consegue. Todos conseguem. Deseje sempre o bem, e nunca deixe a sua Fé e Esperança irem embora. Abrace esse mundão todo. Sorria pra vida. Tenha CORAGEM. Siga em frente.

Até mais.

Ps: Mais uma vez você/eu não conseguimos calar a boca. Escrevemos pra caralho. Mas, tá tudo bem :))).

Ps2: Esse lance de escrever carta é difícil, pra c****** (não posso falar isso de novo, então abreviei).

Ps3: Com certeza, não escrevi tudo o que queria escrever. Ou será que escrevi demais?

Ps4: Você é linda. Tenha a consciência disso na sua cabeça, mas principalmente na sua alma.


Ps5: Vou parar de falar!


~~~~♥~~~~

Este post faz parte das postagens  coletivas do rataroots.

~~~~♥~~~~

15 de abril de 2015

Falta de: Afirmação?!

Minha cabeça é um emaranhado de coisas, que vem de todos os lugares, e si chocam umas com às outras, fazendo com qui eu me perca cada dia mais, em mim.
(Marina)



A primeira vez que eu escutei essa música foi num blog, não me lembro qual foi, mas me lembro que quando escutei essa música, me vi nela completamente. E isso não é nada bom.

Essa música fala basicamente, "de você ser como os outros querem que você seja" e assim "acaba se esquecendo de quem você é" E tanto querer agradar aqui, querer agradar ali, que você acaba se esquecendo de agradar a si mesmo. Falta: Afirmação!

Exitem muitos Dorivais por aí. Na época da escola por exemplo: eu era assim! (ainda sou um  pouco), mas na escola isso era mais aflorado. Tudo o que me pediam eu fazia. Na maioria das vezes sempre falava SIM! sempre aguentava os outros passando por cima de mim, e sempre de boca fechada. Acho, que eu era mais assim, por querer aprovação de todos (essa fase da adolescência fodi com a gente). Por querer ter um grupo, ser respeitado, ser aceito. E acabei deixando o qui eu era, e o qui eu gostava de lado, pra trás. Pra ser aceita, pelo o qui eu não sou. E o pior de tudo é que eu fazia isso, pelas pessoas que nem eram meus amigos de verdade. Eram mais 'colegas' de escola, do que amigos de verdade. Por que com os meus amigos de verdade, eu sou euzinha. Não entendo o " POR QUE" de eu ser assim? Por que tenho duas faces? Por que não sou eu mesma sempre? Em todos os momentos? Com todos? Por que?


 Sei que isso é confuso. É confuso pra mim, imagine pra vocês que estão lendo. Mas, eu queria escrever sobre isso. Precisava escrever sobre isso. Desabafar. Colocar pra fora. Sei que todos esses POR QUES? E esse emaranhado de coisas dentro de mim. Dentro da minha cabeça, ainda vão me atormentar por um bom tempo. E sei também, que com o tempo esses POR QUES? vão desaparecendo, devagar, sem pressa, e assim vão surgindo às respostas.


Os japoneses dizem que você tem três faces:
A primeira face você mostra pro mundo.
A segunda face você mostra para os seus amigos
mais próximos e familiares.
A terceira face, você nunca mostra pra ninguém.
É o reflexo mais verdadeiro de quem você é.
(Unknown)


Depois que vi esse texto no tumblr (tumblr é um ótimo lugar pra si descobrir), fiquei pensando, pensando e vi que talvez seja isso mesmo. Que cada um de nós tem 3 faces. Que a primeira queremos que todo mundo veja (as coisas boas). Que a segundo só quem é mais próximos de nós devem ver (as boas e as ruins também). E a terceira deve ficar pra nós mesmo (tudo). E que essa, deve ser quem somos de verdade. Talvez isso seja bom. Não mostrar quem realmente somos pra todo mundo. Deixar isso dentro de você, com você.

Acho que o qui falta em mim é AFIRMAÇÃO. Essa palavra que tem um som imenso, forte, e que às vezes me apavora. Acho (não. tenho CERTEZA) que preciso ACREDITAR mais em mim. Ter auto-estima (essa palavra que todo mundo fala, mas que ainda não existe no meu vocabulário). Ter Afirmação, ser quem eu quero ser e o resto que si f********.

Sei que tenho muitos medos, e inseguranças. E sei que a maioria desses meus medos, sou eu mesma que crio. Essa minha mente neurótica. Mas, tudo se resolve. O tempo passa, a gente vai evoluindo. E esses medos e traumas de uma adolescente vai passar. E sei quando eu olhar pra trás vou dar risada de isso. 

Não quero mais ser, o qui querem que eu seja. Quero apenas ser, o qui sou. Ser um ser humano melhor a cada dia. Quero ser a pessoa, que quando eu era criança queria ser. Quero que àquela criança tenho orgulho da pessoa que sou. Um dia ela vai ter.



Sigo procurando quem eu sou, sou o que quero ser
sou ser humano, permita-se ser.
Nas voltas do mundo de um tempo que não passou
Não tento ser o qui querem, simplesmente sou o qui sou.
(Oriente)

~~~~♥~~~~

Até a próxima

11 de abril de 2015

3 Filmes para assistir no fim de semana

OLÁ Pessoal! Hoje vou falar de filmes. Especialmente os três (ou quase) últimos filmes que eu assistir. A maioria dos filmes que assisto eu gosto muito, mas tem sempre alguns que são melhores do que outros. Então alguns vão ficar de fora. Selecionei três que eu gostei bastante, e vim trazer pra vocês verem, e quem sabe assistam também.

Antes que Termine o Dia
Antes que termine o dia é um filme que faz tempo... que eu queria ver. E sempre ficava adiando por falta de tempo, ou o mais comum e óbvio: priguiça. Mas, a uma semana deixei de ser fresca e resolvi botar a minha "Lista de filmes para assitir", em prática. E o primeiro foi, Antes que termine o dia.
Ian (Paul Nicholls) e Samantha (Jennifer Love Hewitt) formam um casal lindo, feliz e cheio de planos. Enquanto Samantha tenta, ficar mais junto de Ian e demonstrar o seu amor a todo momento, Ian procura voltar sua atenção para os amigos e o trabalho. Após um dia em que tudo deu errado eles terminam o namoro. Mas, um acidente faz com qui a vida deles mude de rumo. No dia seguinte Ian percebe que acordou novamente no dia anterior, e ver que  tem uma nova chance de refazer tudo aquilo que tinha feito antes, mas agora de uma forma correta.
No começo do filme, achei um porre. Achava o Ian um mala-sem-alça total. Não dava valor pra namorada, que estava sempre ao seu lado. É só ligava pros amigos e trabalho. Mas, depois o filme foi passando e principalmente quando o filme "volta'' o dia, ai que eu comecei a gostar. Comecei achar a história interessante, e o personagem que até agora achava um verdadeiro pé no saco, começou a mudar e tentar fazer com qui às coisas descem certo.

Sabe, eu não dava nada por esse filme, até ver que a história fala muito sobre todos nós. Sabe, àquela frase que é bem assim: A gente só da valor, quando perde? É disso que o filme fala. É sobre você aprender a dar valor, quando a pessoa está aqui. A dar valor pras pessoas que te amam do jeito que você é. É simplesmente dar valor. É você dizer o qui sete pela aquela pessoa, mas acima de tudo demonstrar. Porque apenas dizer não basta. Palavras são levadas com o vento, são apenas palavras. O que vale de verdade são às demonstrações de afeto verdadeiras.

Vale a pena assistir Antes que Termine o Dia, aposto que você vai si surpreender e si emocionar como eu.




Será Que?
Esse filme também faz tempo que eu queria assistir. Primeiro o nome do filme me atiçou uma curiosidade imensa Será? Será o que? e depois de tanto ficar me fazendo essa pergunta, fui ver o que é esse Será que?
Wallace (Meu querido Harry Potter, Daniel Radcliffe) está solteiro há um ano, depois de ter pegado sua namorada traindo-o com outro homem. Depois de um ano de luto, acredita que está hora de sair de foça e seguir em frente. Um dia, em uma festa organizada pela melhor amigo Allan (Adam Driver, aquele de Girls namorado da Hanna), ele conhece a Chantry (Zoe Kazan), a prima dele. Não demora muito para qui o papo entre os dois comece a vingar, e Wallace se ofereça para levar Chantry até em casa. Mas, tem uma coisa Chantry tem namorado e moram juntos. Dias depois Wallace reencontra Chantry por acaso, daí começam a ser amigos,  mas Wallace sente alguma coisa a mais por Chantry.
 Eu criei muita expectativa em relação a esse filme. Eu não sei o qui realmente esperava, mas com certeza não esperava só isso. O filme não é um ruim, longe disso. Pra falar a verdade é muito bom, os atores são ótimos. O filme tem o enredo legal, mas sabe quando você espera algo mais? Então foi isso.

Eu gostei bastante do filme. Principalmente de quatro personagens. O Wallace (Harry Potter), achei ele bem fofinho, acredito que não foi um dos melhores personagens dele, mas pelo menos tirou um pouco da minha visão de só relacionar ele ao Harry Potter.  A Chantry, achei bem criativa, se eu não me engano ela é disigner no filme e ela desenha muito bem. Inventa coisas super legais, e tem a imaginação super fértil. Além de ser linda, é muito talentosa. Outro Personagem foi Allan ( de girls)
Ele faz, tipo o mesmo personagem que faz em girls. Meio maluco, irônico, sarcástico, que só pensa
em sexo. Mas não deixa de ser engraçado, um ótimo amigo e ter responsabilidades. Tipo:  Casar e ter filhos. Outra personagem é justamente o mulher do Allan (não sei o nome), ela é igual a ele, super engraçada, alegre e divertida.

Sabe, acredito si não fosse pelo Allan e pela esposa dele, esse filme seria mais um romance clichê (amo), mas que seria apenas mais um. Se você gosta de filmes assim, e se empolgou com às coisas que disse (ou não), pode assistir que eu tenho certeza que você vai gostar. Se você quer ver o Harry Potter sem a sua varinha, sem os seu amigos, e sem o Voldemort pode assistir também. É um romance/drama clichê, mas qui não deixa de ser bom.




A Vida Secreta de Walter Mitty

Mais um filme que queria assistir faz pacas... Esse filme eu vi num blog que eu gosto muito Pe-drinh-ha (vale muito a pena dar uma olhadinha <3), e eu achei muito interessante a resenha que a Manie fez sobre ele, e isso faz tempo. E só agora tomei vergonha na cara, e decidir assisti-lo. E adivinhem? É bom pacassss .
Walter Mitty (Ben Stiller), é o responsável pelo departamento de arquivo e revelação da revista life. Ele é um tímido, levando uma vida simples, e perdido em seus sonhos. Ao receber um pacote com negativos do importante fotografo Sean O'Connell (Sean Penn), ele percebe que está faltando uma foto. O Problema é que é justamente a foto, escolhida para ser a capa da última edição da revista. É quando Walter é obrigado a embarcar em uma grande e verdadeira aventura atrás da foto.
Eu poderia ficar horas falando desse filme aqui. O quanto ele é MARAVILHOSO. O quanto ele é ensinador. O quanto os atores foram fodas. O quanto o enredo, a fotografia, a trilha sonora... são DIMAIS. Mas, eu só vou falar algumas coisinhas.

Esse filme com certeza, foi um dos melhores filme que já vi. Afirmo isso com toda a certeza do mundo. No começo ele é meio chato, sem sal. Mas depois tudo flui. Tudo fica tão legal de si ver. Sabe, quando você precisa de um empurrãozinho pra ter coragem, de fazer aquilo que você tanto sonha? Esse filme lhe dá. Ele não é um filme de auto-ajuda. Mas, é um filme que mostra como muitas pessoas são. Sonham, sonham... mas nunca tem coragem de ir lá e fazer (sou uma dessas).

Acabei de ver essa frase: "Melhor que sonhar é Fazer", esse filme é isso. Mostra que sonhar é preciso, mas que fazer é muito melhor. Viver uma aventura. Ir atrás do que deseja, Viver a vida, Aproveitar esse mundão todo, é possível. Só é preciso ter coragem, e ir...

A Vida Secreta de Walter Mitty, é um filme que com certeza todos (todos), devem assistir. É um filme que eu não sei se tenho a capacidade de descreve-lo (e não tenho). E acho que isso é bom. Eu apenas sentir aquilo que vi e escutei. Vale a pena assistir ( ASSISTA).



Onde assistir: Filme 1 - Filme 2 - Filme 3


~~~~♥~~~~


Aqui tem algumas músicas que fazem parte da trilha sonora dos filmes acima. 



Gostaram dos filmes? Já assistiram algum? Me contem.
Até a próxima.

8 de abril de 2015

Fotografias de um dia qualquer...

Preto e Branco é poesia, é nostalgia é atemporal.
(Rafael Pavarotti - Fotografo)




Essas fotos, eu tirei no feriado de páscoa. São do centro da cidade onde eu moro. Como eu fui num dia de feriado não tinha quase ninguém e às lojas estavam quase todas fechadas, e como não tinha nada pra fazer, resolvi fotografar. E o resultado foi esse que vocês acabaram de ver.

 Gostaram? Me contem.

 Ps: Preto e Branco é bonito.

3 de abril de 2015

Para: A Menina di Cabelo Enroladinho


Menina do cabelo enroladinho, perdida nesse mundão e em si mesma. Não sabe que caminho seguir, e muito menos sabe o que quer. Vive fugindo das pessoas, e de situações complicadas. Vive num mundo paralelo entre a realidade e sua imaginação. Prefere muitas vezes o seu mundo, àquele que fica em seu quarto e dentro de si. Esse que ela pôde controlar. Esse mundo lindo e onde tudo é perfeito, no seu devido lugar, sem complicações e sem o caos do mundo real. Às vezes ela tem vontade de viver no mundo em que ela não pode controlar, mas o medo a impede. Ela sabe que a maioria desses medos que existe dentro dela,  ela mesmo inventa na sua cabeça, e também sabe que a sua imaginação pode ser a sua maior aliada, mas também a sua maior inimiga. Menina do cabelo enroladinho, da pele morena, do sorriso largo, da gargalhada gostosa, de curvas exuberantes, de fé e esperança inacreditavelmente inabaláveis, SI LIBERTE. Si liberte de si mesma. Se liberte dessa sua cabecinha meio neurótica. Mas, não deixe de usar a sua imaginação para o seu bem. Continue sonhando, mas principalmente comece a ter coragem para realizá-los. Procure saber o qui você quer, quem é você, o qui você quer ser. Olhe mais pra dentro de sí, se descubra e esqueça os outros. Tenha vontade, mas principalmente a coragem de colocar o pé pra fora do seu quarto e ir conhecer esse mundão. Esse  mundão que você tanto sonha viajar, que tanto te instiga a desvendar. Nunca é tarde pra ir atrás. Você consegue menina. Todos conseguem. Vai lá. Vai ser feliz. Vai ser você.