1 de setembro de 2014

Quero...

Quero ser Feliz. Quero andar por ai, sem rumo sem direção, só seguindo o meu coração. Quero dançar, dançar até cansar, sem medo, e sem vergonha do que vão achar. Quero cantar, cantar o mais alto possível, onde até o povo dos ymalaia vão escutar. Quero ler livros muito, muitos livros onde à minha imaginação pode me levar, e inventar qualquer lugar, e lá poder ser o qui eu quiser .Quero poder escutar músicas, muitas músicas, até enjoar e assim, poder ouvir outras músicas até enjoar de novo. Quero poder sonhar, com um mundo bom, que haja paz e que seja justo para todos, onde não existe fome e nem guerras, onde todos possam viver suas vidas felizes. Quero poder ver filmes, muitos filmes, e assim poder me fantasiar em algumas daquelas comédias românticas, que sempre acabam em finais felizes. Quero poder rir, rir até chorar. Quero poder chorar, quando senti que não aguento mais e assim desabafar. Quero poder fazer o bem. Quero poder ajudar a quem precisa, nem que seja um pouquinho, mas que esse pouquinho, vire muito. Quero me Amar, Quero poder soltar os meus cabelos, sem ficar ligando pros outros, e só se importar  com à minha opinião. Quero poder ser LIVRE, LIVRE, LIVRE. Quero poder ser forte, para enfrentar  todas às coisas, que me impedem de conseguir o que eu quero. Quero ter à tranquilidade de uma vida cheia de paz e amor. Quero ter fé e esperança de que tudo, tudo vai dar certo. Quero aproveitar cada minuto que Deus, me dê, de vida. Quero amar e ser amada. Quero um amor que não seja perfeito, mas que seja sincero, que seja ele mesmo e que me ame assim, do jeito que sou, que seja eterno enquanto dure. Quero poder errar, quantas vezes forem necessárias, até acertar. Quero conhecer gente, países culturas, povos diferentes. Quero ter conhecimento. Quero descobrir coisas novas, estudar e criar. Quero experimentar tudo o que à vida pode me dar, tudo o que ela tem para me oferecer. Quero agarrar às oportunidades que ela mim dê. Quero ter à inocência e o pique de ser criança, mas à vontade e os sonhos de ser adolescente. Quero ter à liberdade de ser adulto, mas à sabedoria e os ensinamentos de ser velho. Quero poder ser Eu mesma, acima de tudo. Quero poder ser o qui eu quiser, gostar do qui eu quiser, sem ter qui dar explicações sobre às minhas decisões. Quero poder ser tudo o que à vida me permitir ser. Mas acima de tudo ser feliz, e poder olhar para traz e dizer que tudo valeu à pena.