2 de junho de 2014

Poem a Day 2 - O Céu de Hoje


Hoje o dia amanheceu nublado, como um tipico dia de outono e com o céu repleto de nuvens cinzas que impedia o azul do céu de aparecer, com os seus raios de sol para mim aquecer. E com aquele friozinho que faz a gente querer ficar debaixo da coberta o dia todo e nem pensar em sair dali , passar o dia assistindo aqueles filmes água com açucar, como os da sessão da tarde e tomar um chocolate quente, beem queente. Mas mesmo assim, decidir sair, para admira-lo e ver que mesmo ele não estando num dos seus dias mais belos, ele ainda consegue provocar o mesmo sentimento em mim, aquele sentimento de liberdade, de imensidão, de que tudo, tuuuudo é possível e que não existe limites, para viver e sonhar. E que não importa à cor, ou dia, ou se está chuvendo, ou se está sol, o que importa é sempre poder vê-lo e admirá-lo e que ele sempre provoque esse mesmo sentimento em mim.